A erudita introvertida (Grizelda)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 30/01/17, 09:28 pm

A data é 26/01/2017.

Você esta na biblioteca do centro cultural vergueiro. São 17 horas.

O seu chefe pediu para que você organizasse os livros, pois os últimos visitantes tinham deixado fora de ordem. Então você começa a organiza-los em ordem alfabética, como sempre faz, de modo bastante metódico.

Quando esta quase terminando de organizar tudo, você se depara com um livro de capa dura, não catalogado pela biblioteca, sem nome. Achando isso bastante estranho (você já cansou de ver todos os livros da biblioteca, mas nunca tinha reparado neste), você decide abrir o livro, para ver o seu conteúdo.

Nada. Não tem nada escrito. São aproximadamente 300 paginas em branco. Você fica analisando o livro por mais ou menos 5 minutos, tentando entender de onde ele tinha vindo.

"Talvez algum visitante tenha deixado ele aqui", você pensa. E continua olhando fixamente para o livro, mais um pouco.

Quando dá por si, já se passaram quase 30 minutos. A biblioteca esta quase fechando. Você "acorda" num pulo com o seu chefe gritando do andar de cima: "Grizelda, vamos fechar a biblioteca, me ajuda aqui em cima!"

Você sai andando apressadamente para o andar de cima e, sem entender muito bem o porque, resolve guardar o livro de capa dura na sua bolsa. Por algum motivo ele tinha atraído muito o seu interesse e, como não esta catalogado, ninguém vai sentir falta dele.

Terminando de fechar a biblioteca, você volta pra sua casa andando, como de costume. Chegando em casa, já são 9 horas. Você deixa a bolsa no quarto e, ao se preparar para entrar no banho, você escuta seu irmão falando.
- "Grizelda, eu não estou me sentindo muito bem, tem como me levar ao hospital? Acho que minha cabeça vai explodir, e eu tenho medo de começar a escutar as vozes de novo..." (seu irmão depressivo ja relatou diversas vezes escutar vozes, mas faz uns anos que não escuta nada).


lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por dudouglaz em 02/02/17, 05:41 pm

Os dedos de Grizelda congelam ao redor da maçaneta; preocupada, ela analisa Gabriel por alguns instantes.

- Me espera na sala, vou dar uma olhada rápida na mãe e no Teo antes de irmos. - diz indo buscar sua bolsa no quarto.

Só queria ter certeza que a mãe tinha tomado todos os seus remédios ,não além disso, e que o menino estava entretido com algo que não pegasse fogo. Enfim, que a casa estaria tranquila quando voltasse.

dudouglaz

Mensagens : 5
Data de inscrição : 02/02/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 02/02/17, 06:09 pm

Você verifica a casa rapidamente e, tendo a certeza que tudo vai ficar bem, você leva seu irmão para o carro e começa a dirigir em direção ao hospital, colocando sua bolsa no banco de passageiro.

Seu irmão, que esta deitado no banco de trás, queixa-se de muita dor de cabeça.

Devido ao transito congestionado do centro de Sp, você começa a achar que esta vai ser uma viagem mais longa do que o esperado, e o seu banho quente parece cada vez mais longe...

Enquanto olha, um pouco distraída pelo cansaço, para um dos faróis vermelhos do caminho, parada no transito, seu irmão começa a tossir muito. De repente, você sente uma sensação muito ruim, pesada, e começa a transpirar. "Será que estou começando a ficar doente também?" e "Talvez meu irmão tenha me passado algo" são pensamentos que passam brevemente pela sua cabeça.

Contudo, a sensação piora rapidamente, ao ponto de você começar a achar estranho. Você começa a suar frio. Em questão de segundos, parece que o pouco de força que te restava do longo dia de trabalho já não existe mais, como se tivesse sido drenada. Seu irmão para de tossir por um instante, e começa a falar, desesperado:

- Eles sabem que esta com você! Eles sabem! Não tem mais o que fazer, já era, eles vão vir atrás da gente! - Você se vira para o seu irmão e parece que, enquanto ele fala, ele esta numa espécie de transe, olhando fixamente para cima com os olhos arregalados.

lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por dudouglaz em 02/02/17, 06:37 pm

Grizelda ignora o súbito cansaço e se concentra em seu irmão.
-Gabriel...Gabriel...- leva umas das mãos ao joelho dele e balança tentando chamar sua atenção - ...vai ficar tudo bem...Gabriel...olha pra mim!!! - a ultima frase é quase um grito.

dudouglaz

Mensagens : 5
Data de inscrição : 02/02/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 06/02/17, 11:06 pm

Ao escutar a sua voz, Gabriel parece se acalmar, aos poucos. Toda aquela tensão do momento desaparece, subitamente.

Você continua o caminho até o hospital.

Chegando no pronto socorro, os médicos, após fazerem a triagem e deixa-lo tomando soro por duas horas, consideram que ele já esta apto para voltar à casa. Aparentemente, tudo que ele teve foi uma queda súbita de pressão, de acordo com os resultados dos exames.

Já no carro, você, exausta, não vê a hora para conseguir dormir e descansar um pouco, nem que seja por poucas horas. seu irmão esta dormindo no banco de trás do carro.

Aproximadamente as 3 horas da manha, você chega na rua de casa.

Com o carro parado em um dos faróis vermelhos, você olha pela janela (que estava aberta, devido ao forte calor), quando de repente vê uma arma apontada na sua direção.

Você congela no ato.

O sujeito, que é um homem e esta usando uma touca preta na cabeça, fala, calmamente:

- Você tem 5 segundos para descer do carro. Deixe tudo como está, simplesmente desça, sem falar nada.

A voz do sujeito parece ser de um homem entre 40~60 anos. Você esta muito cansada para reconhecer de forma clara. Sua mente demora alguns segundos até compreender que esta sendo assaltada.

lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por dudouglaz em 06/02/17, 11:20 pm

Encarando o sinal vermelho pelo que pareceu uma eternidade Grizelda torcia para que ficasse verde e que isso resolvesse sua situação de alguma forma. Ainda não acreditando no que acontecia ela sai do carro em movimentos mecânicos, até mesmo leva as mãos para o alto.

dudouglaz

Mensagens : 5
Data de inscrição : 02/02/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 06/02/17, 11:56 pm

Enquanto sai do carro, o assaltante acompanha com os olhos cada movimento seu. Embora a touca cubra todo o rosto dele, ao menos seus olhos você ainda consegue ver.

Ele esta tranquilo, você consegue perceber isto pelos olhos.

Durante um assalto, é comum o próprio assaltante ficar nervoso, começar a falar mais alto ou de forma mais abrupta, suas mãos tremerem e seus olhos refletirem toda a tensão do momento. Em alguns casos, o assaltante pode até ficar mais nervoso do que a própria vítima do assalto. Contudo, não parece ser este o caso. O homem esta perfeitamente sereno.

Ao notar isso, um desespero consome seu corpo. "Como ele pode estar tão tranquilo?", "Ele vai me matar? e "O que ele quer?" são apenas alguns dos poucos pensamentos que rodeiam sua mente, nestes poucos segundos que se passaram.

- Consegue ver aquele carro, parado um pouco à frente? - Ele aponta para um carro preto - Nós vamos andando até ele. Mas antes, coloque suas duas mãos para trás, eu vou amarra-las. Se você seguir tudo que eu falo, o homem ali atrás vai continuar seguro, eu não tenho interesse nele.

Você pode escolher tomar alguma atitude, agora, ou simplesmente seguir tudo que ele diz. A escolha é sua. Caso decida obedecer, vou considerar que você vai seguir todas as ordens do assaltante.


lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 07/02/17, 12:12 am

Pela rolagem de carisma + sagacidade = 12, você acredita, mesmo nesta situação completamente absurda, que tudo que o assaltante fala é verdade. Além disso, ele não aparenta ter intenções assassinas, talvez seja uma boa ideia obedecer ele.

lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por dudouglaz em 07/02/17, 12:26 am

Os lábios dela tremulam, palavras se formam em sua boca mas não saem.
Antes de pensar em qualquer coisa o assaltante a lembra do irmão que ainda estava no carro e a partir desse ponto, apesar de suar frio, Grizelda tenta acalmar-se enquanto segue as ordens do homem. Ela dá uma última olhada para trás temendo pelo irmão e talvez se despedindo também.

dudouglaz

Mensagens : 5
Data de inscrição : 02/02/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por lucasandre em 07/02/17, 12:48 am

Ele amarra sua mãos e, já dentro do carro, coloca uma mordaça de tecido na sua boca.

Você esta sentada no banco de passageiro da frente, enquanto ele dirige. O carro possui insulfilm, então você sabe que dificilmente alguém te veria e tentaria te salvar. A sensação de impotência é enorme. Se coração bate tão rapidamente que você nem se lembra mais que estava cansada.

A única coisa que lhe resta é imaginar qual seria o seu destino.

- Não se preocupe, você ainda não vai morrer. Eles vão decidir o que fazer. - ao terminar esta frase, o assaltante dá uma pequena risada macabra de satisfação - Espero que Deus possa me perdoar, mas ele sabe que não tenho escolha...

Em menos de 10 minutos de viagem no carro, vocês chegam à uma igreja. O desespero geral e a escuridão te impedem de analisar com mais detalhes o caminho ou o local, mas você reconhece que esta no centro de São Paulo.

Ele estaciona o carro na rua e te leva para dentro da igreja, evitando ao máximo fazer barulho durante o processo. A igreja parece estar completamente vazia.

- A partir de agora é bem simples. Se fizer algum barulho, eu te mato no ato!

Da mesma forma que antes você acreditou nas palavras dele, você acredita novamente agora. Os olhos dele não tremulam nem por um instante. Você compreende de corpo e alma que, caso se mexa, ela vai te matar.

Sem acender luz alguma, ele te leva para a parte de trás da igreja, onde entram numa espécie de escritório. Dentro deste, há uma pequena estante de livros que, ao ser empurrada, revela uma porta secreta. Após atravessarem esta porta, vocês descem uma longa escada e ele te prende em algumas correntes no portão da igreja.

- Eles falaram que vão vir pela manhã. Aguarde.

Novamente, você pode decidir tomar alguma atitude no meio deste processo ou esperar pelas ações do kaue, que acontecem no mesmo local onde você esta.

lucasandre
Admin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 14/12/2016
Idade : 23

Ver perfil do usuário http://mesaderpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A erudita introvertida (Grizelda)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum